Busca
Home | FAQ

FAQ

Perguntas Frequentes

 

Perguntas Frequentes


      

Um dos objetivos desse link é responder aos principais questionamentos que recebemos. Porém, se sua dúvida não estiver entre as listadas abaixo, estaremos sempre à disposição para os esclarecimentos adicionais através do link “Contato” ou pelo telefone (62) 9978-1314.



1- O fila se relaciona bem com crianças?

O fila é um cachorro bravo com os estranhos, mas com as pessoas da casa, ele é amigo, meigo e dócil. E, naturalmente, entre as pessoas da casa se incluem as crianças. Se para os adultos, o Fila é um guarda e um amigo; para as crianças, ele é um grande companheiro e protetor. As crianças fazem dele um verdadeiro “saco de pancada”, puxando-lhe as orelhas ou o rabo, montando-o como um cavalo, lutando com ele ou deitando-se sobre ele... E o máximo que o fila faz quando as crianças o incomodam demais é se afastar delas e ir para outro lado. Em situações normais, jamais um fila tem uma reação violenta em relação a uma criança. Eles geralmente se entendem muito bem. (Texto extraído do Jornal “O Fila”, ano I, n° 12, de autoria do fundador e árbitro do CAFIB, Dr. Airton Campbell, com o qual concordamos na integra).


2- Vocês têm filhotes no momento?


Veja nesse sítio ou entre em contato pelo telefone (62)99781314.


3- Vocês criam outra raça?


Só criamos a raça Fila Brasileiro


4- O que é o CAFIB?


O CAFIB – Clube do Aprimoramento do Fila Brasileiro foi criado em 19 de março de 1978, como resultado de uma mesa redonda promovida pelo redator especializado em cinofilia do jornal O Estado de São Paulo, Antonio Carvalho Mendes, com o objetivo de encontrar uma solução para um grave problema que se verificava (e ainda se verifica) na raça: a mestiçagem, feita por criadores inescrupulosos, com cães de outras raças.


Na verdade, esse clube especializado, criado a mais de três décadas, provavelmente é o primeiro órgão de preservação de algum tipo de espécie animal. Hoje, tanto se fala em ecossistema, em preservação do mico-leão-dourado, em Projeto Tamar etc. Essas idéias que hoje são moda, já eram perseguidos com afinco, a mais de 33 anos pelo Clube do Aprimoramento do Fila brasileiro.O objetivo do CAFIB, então, é a preservação da raça, o aprimoramento, o banimento dos cães atípicos que existem por aí, com pinta de campeão e reproduzindo a todo vapor, propagando mansidão e atipicidade, pois lhe faltam temperamento e fenótipo, na maioria dos casos. Também, foi o primeiro clube especializado em cinofilia, a ser reconhecido, oficialmente, pelo Ministério da Agricultura, à época, responsável pelo registro. Além disso, é o único clube com coragem para cassar seu próprio pedigree, se o filhote não se transformar em um adulto digno do padrão da raça Fila Brasileiro, além de exigir que todos os seus cães passem por uma análise, após um ano de idade, para seus registros valerem para reprodução.


5- Qual a localização do canil?


O Canil se localiza na cidade de Goiânia, no estado de Goiás.Veja a localização no Link ¨ O Canil ¨ nessa página eletrônica.


6- O Canil está aberto a visitas?


Sim, temos o maior prazer em recebê-lo para mostrar os cães e o canil. Para isso, basta entrar em contato para agendar uma visita.


7-Vocês dão garantia absoluta de que meu filhote terá um temperamento correto?


Infelizmente, genética não é matemática. Nenhum criador da raça pode dar certeza absoluta disso. É importante saber que o cruzamento de dois cães espetaculares não asseguram com absoluta certeza que essa qualidade dos pais será repassada ao filhote. Porém, a seleção que fazemos a mais de uma década, torna esse risco bem menor. E, se porventura acontecer, repomos o filhote que não tiver temperamento correto, com a promessa do seu dono de retirá-lo da criação.


8- Vocês despacham filhotes para qualquer lugar?


Sim, despachamos filhotes para qualquer localidade que tenha transporte aéreo. Os custos correm por conta do comprador.


9- O Fila Brasileiro é um cão sensível a doenças?


Não, o Fila Brasileiro, por ser uma raça originária do nosso País, está totalmente adaptado ao nosso clima e é muito rústico.


10- Vocês recomendam o Fila Brasileiro para exposições ?


Os cães de nosso canil são preparados para serem úteis, ou seja, para servirem de guarda. Por isso, não recomendamos nossos cães para quem quer levá-los em exposições em que eles serão obrigados a serem tocados por pessoas estranhas. Com relação a qualquer tipo de exposições em que isso não é tolerado, não há problema em levá-los.Solicitamos a todos os que possuem nossos cães a participarem de exposições do sistema CAFIB, o único capaz de selecionar animais da raça.


11- Porque vocês não recomendam a cor preta no fila?


A natureza não selecionou essa cor na raça Fila Brasileiro. Na década de 70 e 80, porém, apareceram (ninguém sabe de que lugar) uma quantidade enorme de cães com essa cor, dizendo se tratar de Fila Brasileiro. É uma cor bonita, fácil de vender e de obter lucros, principalmente, para aqueles que ,na época, se preocupavam apenas em ganhar dinheiro. Hoje, a maioria dos proprietários de cães dessa cor estão de boa fé e só a criam por não conhecerem a verdadeira origem da cor preta. São as principais vítimas da história recente da raça. Em resumo, essa cor foi introduzida pelas mãos humanas e não pela natureza, por isso, deve-se optar por outras cores, excluindo a cor preta da criação. Concluindo, o cão de cor preta não é Fila Brasileiro.


12- Qual a cor aceita no Fila?


São permitidas as seguintes cores:

1) Amarelos, em todas as tonalidades, desde o baio até o vermelho.
2) Amarelos, em todas as tonalidades, do baio ao vermelho, mas com uma sombra acinzentada.
3) As cores 1 e 2, mas com máscara e orelhas pretas, ou somente máscara preta.
4) Rajados, tigrados ou araçás: fundo, ou cor base, igual a uma das anteriores, com listras ou rajas pretas. As rajas são finas, de uma só largura, em toda a sua extensão, distribuídas irregularmente por todo o corpo; e também de comprimento muito variado e diverso. Na linha superior do corpo, costumam se encontrar em “V”.
5) Rajados com máscara e orelhas pretas.
6) Brancos com grandes malhas rajadas, estas iguais à cor 4. O branco deve ser puro, sem manchas escuras na pele, provocando sombras.
7) Cinza-claro, prateado.
8) Quaisquer dessas cores, com marcas brancas, geralmente nos membros, no peito e na  cauda; mais raramente no pescoço, e no focinho, subindo ao crânio.


13- Quais são os pontos fortes do Fila Brasileiro?


Na nossa opinião, seu temperamento forte e equilibrado, sua fidelidade e dedicação aos donos.


14- Quais são as dicas para  não adquirir cães com desvios?


Em regra geral, procurarem criadores sérios e adquirirem filhotes que tenham Registro de Origem (RO) do CAFIB. Tal registro comprova que os pais dos filhote pertencem à raça Fila Brasileiro.


15- Como você avalia o plantel nacional?


Ainda há muito o que melhorar, porém, com a retirada da raça da moda, e a importância que o público está dando à utilidade do cão, alcançamos uma melhora significativa nos últimos anos. Ainda precisamos melhorar bastante o temperamento, os aprumos traseiros e a movimentação do Fila Brasileiro.

  1 item(ns)
Primeiro Anterior Proximo Ultimo

Newsletter - Receba nossos informativos